O que é educação tecnológica - ZOOM Education

O que é educação tecnológica

Powered by Rock Convert

O mundo vem passando por uma evolução tecnológica gigante em pouquíssimo tempo. Durante a pandemia, ainda mais: adaptamos nossas rotinas para nos conectarmos uns com os outros por meio de recursos digitais.  

E não foi diferente com a educação. Se algumas escolas já vinham fazendo alterações em seus projetos de aula, agora existe a necessidade de que as instituições de ensino se adequem às tecnologias para formar profissionais preparados e com as habilidades necessárias. 

A presença da tecnologia nunca se fez tão presente em nossas vidas, construir outra visão sobre ela na vida das crianças, além da ideia da diversão, possibilita abrir novos horizontes e criar uma relação mais saudável entre eles e os conteúdos tecnológicos. orientada por valores e atitudes. 

Mas, afinal, o que é educação tecnológica? 

Vamos explicar tudo sobre o que é educação tecnológica neste artigo. Quer saber mais? Então continue a leitura para se preparar para adequar a sua escola a ela. 

O modelo 

Também conhecido como “educação 4.0”, esse modelo que muitas instituições de ensino já utilizam reúne recursos como linguagem computacional, inteligência artificial, robótica, internet das coisas e muitas outras tecnologias que dinamizam os processos na educação, assim como em outros setores. 

Ela baseia-se no conceito de “aprender fazendo” (da expressão em inglês learning by doing), inovando a forma como aprendemos os mais variados conteúdos, desde as matérias de educação básica, como matemática e história, por exemplo, até conteúdos de cursos livres, profissionalizantes e em universidades. 

De que forma? 

Se você ainda não sanou todas as suas dúvidas sobre o que é educação tecnológicasaiba que o foco é a vivência, por meio de projetos, que vão constantemente testar os alunos e colaborar para que aprendam não só a matéria em si, como também desenvolvam habilidades exigidas para o mercado de trabalho, como resolução de situação-problema e trabalho em equipe, por exemplo. 

Já não é de hoje que ouvimos que as máquinas irão “roubar” o emprego das pessoas, não é mesmo? Com o desenvolvimento da IA, muitas ações já podem ser executadas por robôs, fazendo com que algumas profissões deixem de existir num futuro que não está longe. Em contrapartida, outras profissões surgirão e serão bastante relevantes nesse novo cenário. 

Desta forma, as escolas precisam pensar em como propor o desenvolvimento de habilidades digitais. Também se faz necessário aprender sobre empreendedorismo nas salas de aula. Outras habilidades que podem ser adquiridas com a educação tecnológica são: 

  • Socioemocionais criativas; 
  • Realização de projetos interdisciplinares, ou seja, que precisam utilizar conceitos de disciplinas variadas para a resolução de uma situação; 
  • Inteligência emocional; 
  • Empatia. 

Quando paramos para pensar sobre o que é educação tecnológica, também devemos avaliar outros pontos positivos que ela pode trazer. Tenha certeza de que um deles é: ela provoca uma transformação na sociedade. 

De que forma? 

  • Ajudando as pessoas a identificar os pontos que precisam aprender ou melhorar e buscar as informações necessárias para desenvolver esse conhecimento ou habilidade, como um autodidata.  
  • A maneira como serão realizadas as avaliações de desempenho e aprendizagem de determinado assunto em sala de aula, que também pode ser uma sala digital, serão mais personalizadas, fazendo com que os professores possam identificar os alunos que têm mais dificuldade, o motivo e como ajudá-los, de forma assertiva, baseando-se em dados. 
  • O papel do professor também se altera. Ele não será mais aquela pessoa responsável por encher o quadro de informações para que os alunos copiem, como era na educação tradicional. Sua função agora é de mediador, facilitador da construção do aprendizado, dando mais autonomia para os alunos, que podem sugerir, por exemplo, que discussão trarão para sala de aula, que tecnologia usar para desenvolver certa habilidade, etc. 

Por onde começo? 

Agora que você já sabe mais sobre o que é educação tecnológica, veja algumas dicas de como você pode promover essa inovação na sua instituição de ensino. 

  1. Investir em capacitação profissional para os professores: os profissionais da sua instituição precisam ter as competências necessárias para colocar tudo em prática. Os professores também precisam se adaptar a esta nova realidade que você está trazendo para sua escola. Por isso, promova a capacitação técnica para que possam assumir o papel de mediador, utilizar as tecnologias a favor da aula, contribuindo de forma positiva para a formação desse profissional. 
  1. Materiais didáticos: além de recursos tecnológicos para usar em sala de aula, como o conjunto Lego Education ou os materiais usados na Jornada Z, da Zoom Education, por exemplo, procure inserir o aluno em sua rotina, atraindo sua atenção com vídeos do Youtube, tecnologia de realidade virtual, óculos 360 ou aplicativos, por exemplo. 
  1. Gamificação: esse conceito diz respeito a aprender por meio dos jogos e já é um recurso usado em empresas para desenvolver alguma capacitação para os funcionários. Os jogos educacionais, como minecraft, por exemplo, também são recurso da cultura maker e possibilitam aos alunos aprender brincando. 

 

Além disso tudo, outro modo de usar a tecnologia a favor da educação é a criação de grupos e fóruns para debate online do assunto visto em sala de aula.  

Quando se fala em educação tecnológica, é bom lembrar também que ela não existe para favorecer só os alunos. Também existem ferramentas para auxiliar os professores, desde inserir recursos multimídia em suas aulas, avaliações e exercícios, bem como para gerenciar a turma, como vimos anteriormente e assim transformar a sala de aula em um espaço de questionamento e de investigação. 

Por: Equipe ZOOM education