Como o desenvolvimento de habilidades socioemocionais impactam no futuro dos alunos? - ZOOM Education

Como o desenvolvimento de habilidades socioemocionais impactam no futuro dos alunos?

Powered by Rock Convert

Educação além da escola: ensinar habilidades socioemocionais é educar para a vida

Mais do que as disciplinas tradicionais ensinadas dentro da sala de aula, a escola é um espaço onde o aluno deve desenvolver habilidades que vão levar para a vida. É preciso, portanto, aplicar atividades que demandem mais do que conhecimentos técnicos.

As práticas educacionais devem exigir e estimular também o desenvolvimento das chamadas habilidades socioemocionais. Tais competências são definidas como a capacidade de lidar com questões emocionais e psicológicas em situações sociais diversas.

Mas, afinal, por qual motivo elas devem ser desenvolvidas?

Por que estimular as habilidades socioemocionais nos estudantes?

Essas habilidades são essenciais para que o indivíduo consiga colocar todo o seu conhecimento técnico em prática e seja capaz de tomar boas decisões, muitas vezes de forma rápida.

Sem contar que de nada adianta dominar diversos assuntos se não sabemos lidar com imprevistos e com as demandas do dia a dia.

Por isso as atividades que visam trabalhar e estimular essas habilidades nos alunos têm por objetivo tornar as crianças e adolescentes capazes de ter:

  • Comunicação eficaz;
  • Autorregulação emocional;
  • Aptidões para trabalhar em grupos;
  • Boa convivência com pessoas e opiniões diferentes;
  • Destreza para defender o próprio ponto de vista quando necessário;
  • Agilidade para resolver problemas;
  • Rapidez para tomar decisões;
  • Boa liderança;
  • Flexibilidade e “jogo de cintura” frente a situações adversas, sem perder o foco e a concentração no real objetivo.

Em resumo, as habilidades sociemocionais ajudam o indivíduo a se autorregular e adquirir inteligência emocional para resolver as demandas do dia a dia, seja no trabalho, na escola ou na vida pessoal.

Habilidades socioemocionais são fundamentais para um mundo em movimento

Para compreender melhor a importância dessas habilidades, basta olharmos para a configuração do mundo em que vivemos.

Com as constantes mudanças que ocorrem em uma sociedade cada vez mais globalizada, é crucial que os estudantes adquiram as chamadas essas habilidades. Diante de tantas incertezas, decorrente desse excesso de mudanças, é preciso saber transitar em um mundo em movimento.

Mais do que isso, a necessidade de adquirir essas habilidades reside no fato de que essas alterações sociais, tecnológicas e científicas só vão aumentar com o passar dos anos. Sendo assim, será preciso aprender coisas novas diariamente, algo bem desafiador.

Alguns estudos mostram que diversas profissões vão deixar de existir até 2030 e que as crianças de hoje terão funções que ainda nem existem. Sem contar que a busca por uma única carreira não será mais realidade, já que é cada vez mais comum uma pessoas ter várias profissões ao longo da vida.

Basicamente as habilidades socioemocionais vão ajudar os alunos de hoje a lidarem com o futuro.

Novas metodologias de ensino para um novo mundo

Não é à toa que cada vez mais novos métodos e práticas de ensino são desenvolvidos. Os mais recentes debates sobre educação têm trazido à tona termos como Educação STEM, Educação baseada em projetos ou em problemas, gamificação e outros.

Cada um desses métodos têm suas características próprias, mas ó que todos têm em comum é que exigem dos estudantes capacidade de:

  • Trabalhar em grupos;
  • Tomar decisões;
  • Aplicar o conhecimento teórico;
  • Unir informações para desenvolver um projeto;
  • Saber se comunicar;
  • Liderar pessoas;
  • Conviver com pessoas de diferentes lugares e com diferentes pontos de vista.

Como estimular e trabalhar as habilidades socioemocionais na escola?

Abaixo, listamos algumas práticas que podem ser cultivadas durante a rotina escolar e que são muito eficazes para estimular o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Confira!

1 – Aplique atividades que seja necessário fazer parcerias.

Alterne entre deixar os alunos escolherem um parceiro e definir essa parceria de forma estratégica, para que possam, por exemplo, aprender a trabalhar com pessoas diferentes do que estão acostumados a conviver.

2 – Ensine as crianças a trabalhar em grupo.

Diferente da sugestão acima, o desafio aqui está em trabalhar não com uma opinião ou pessoa diferente, mas sim em meio a muitas pessoas e opiniões. Sendo necessário mais jogo de cintura para encontrar um equilíbrio entre expor o próprio ponto de vista e estar aberto a ouvir o outro.

3 – Utilize a dramatização como forma de exercitar a empatia.

Ao trabalhar com teatro ou pequenas encenações, o professor dá ao aluno a oportunidade de ser outras pessoas por alguns momentos e assim representar suas emoções, opiniões e sentimentos. Isso permite que por um momento eles vivenciem as dores e alegrias do outro.

O futuro começa hoje

Essas são apenas algumas sugestões, mas projetos tecnológicos, atividades artísticas e esportes também são elementos que contribuem para trabalhar as habilidades socioemocionais. A Arte é, inclusive, uma ferramenta de autoconhecimento, algo importante para que o aluno se conheça e evolua nesse processo com base nas próprias características.

Seja para lidar com o outro ou consigo mesmo, todas essas práticas e recursos pedagógicos vão ajudar de alguma forma a desenvolver nas crianças e nos adolescentes essas habilidades tão importantes para o futuro que começa hoje!

Por: Rosangela Rodrigues